Projeto Letramento Científico é realizado no Câmpus de Gurupi
  • Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018 as 13h 08m
  • Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018 as 13h 56m
  • Imprimir
  • Por Bruna Santos | Supervisão: Samuel Lima |Publicado: Quarta, 19 de Setembro de 2018, 08h12

Projeto Letramento Científico é realizado no Câmpus de Gurupi

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) é uma das Instituições parceiras do Programa Inova Gurupi no Projeto Letramento Científico.

O projeto foi lançado com o objetivo de incentivar crianças que passam por situação de vulnerabilidade socioeconômica a se tornarem pesquisadores e empreendedores por meio da oportunidade de estarem em frequente contato com o universo educacional, principalmente voltado para a área da tecnologia, vivenciando experiências inovadoras.

As atividades realizadas no projeto são conduzidas por professores doutores que trabalham nos laboratórios das Instituições de Ensino Superior (IES) parceiras do Programa, que acompanham as visitas de diferentes turmas infantis das escolas municipais de Gurupi, aplicando metodologias de ensino que não estão presentes na grade curricular do ensino básico. A intenção é desenvolver o pensamento empreendedor e científico na mente dessas crianças, para colher o fruto de futuros profissionais a um médio e longo prazo e promover a expansão da tecnologia no Estado do Tocantins.


Envolvidos
Segundo a coordenadora do Programa, Adriana Terra, a ideia é ampliar o projeto, a fim de alcançar novas escolas. "Apenas uma escola foi atendida nesse projeto-piloto, com apenas duas turmas do primeiro ano. Essas crianças estão sendo conduzidas por professores doutores durante um ano, e depois o projeto vai ser expandido para outras escolas. Depois, os professores que trabalham nas três instituições parceiras (UFT, Unirg e IFTO) irão conduzir as atividades e serão convidados a participarem dos experimentos."

A técnica de laboratório do IFTO, Joedna Silva, destaca o objetivo do Projeto. " O Letramento Científico tem o objetivo de estar iniciando as crianças do ensino fundamental na ciência, para que futuramente elas possam estar integrando na Universidade como cientistas." Joedna comenta ainda, que a integração das Instituições de Ensino Superior, só tem a contribuir e fortalecer o Programa Inova Gurupi.

O professor Luíz da Silveira, docente do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia do Câmpus de Gurupi, disse de sua expectativa com o projeto. "É muito gratificante fazer parte e estar na coordenação desse projeto juntamente com os membros da Unirg, IFTO e da Prefeitura de Gurupi. Porque a gente tem a esperança de que o projeto mude a vida de cada criança que entra nesses laboratórios."


Para Lina Rairia de Sousa, mãe do Davi, um dos alunos participantes do Letramento Científico, o projeto é importante para a construção do conhecimento. "Para mim é importante que o Davi participe do projeto, pois ele estará aprendendo coisas novas e na escola ele não tem essa oportunidade. Estou muito feliz com as novas experiências".

As atividades do Projeto serão contínuas, objetivando alcançar novos horizontes e levar oportunidades inovadoras aos alunos participantes.

UFT - Campus Universitário de Gurupi - TO
© 2018 - Núcleo de Tecnologia da Informação, todos os direitos reservados.